Como queimar gorduras?

        Existem três formas principais de queimar, ou metabolizar gorduras através da atividade física. Porém, antes de explicá-las, é necessário que se faça uma breve explanação entre emagrecimento e perda de peso. 

ü      Emagrecimento: diminuição da gordura total – identificável apenas com analise da composição corporal (Ex: avaliação antropométrica, impedância bioelétrica, densitometria óssea). Não necessariamente o indivíduo perde peso na balança, mas a quantidade de gordura existente no corpo diminui em valores absolutos.

Caso 1: Bruce Wayne faz uma avaliação antropométrica e descobre que tem 90 kg e 20% de gordura (18 kg). Após 4 meses de atividades físicas variadas e uma dieta equilibrada, ele faz outra avaliação e percebe que  ainda está com os mesmos 90 kg, porém, seu percentual de gordura abaixou para 15% (13,5 kg). Neste caso, Bruce Wayne emagreceu, mesmo continuando com o mesmo peso. O emagrecimento é o principal responsável pela definição muscular e é padrão de saúde.

ü      Perda de peso: diminuição da massa corporal total. Não necessariamente o indivíduo perde gordura – pode ser massa muscular – mas o peso diminui.

Caso 2: Louis Lane tem 60 kg e 25% de gordura (15 kg), após 3 meses freqüentando uma academia e deixando de comer carboidratos, ela se pesa e descobre que perdeu peso, agora está com 55 kg. Porém, não consegue perceber tanta definição muscular. Quando refaz a sua avaliação antropométrica, descobre que manteve a mesma quantidade de gordura no corpo, 15 kg, e que seu percentual de gordura aumentou (27,3%). Ou seja, estes 5 kg perdidos não foram de gordura, e sim, de massa magra (muscular + óssea + resudual).

  

Cabe ressaltar que cada organismo tem necessidade de uma coisa. Por exemplo, pessoas com problemas graves nos tornozelos e joelhos precisam perder peso. E, dependendo da gravidade da lesão, não interessa o tipo de peso que ele perca, mas sim, que diminua a sobrecarga nas articulações prejudicadas.

As formas principais para queimar gordura são:

 

ü      Exercícios aeróbicos (preferencialmente contínuos) de baixa intensidade e longa duração:

Em atividades com intensidade aproximada de 55-65% da freqüência cardíaca máxima – ou classificada como “moderada” na escala de Percepção Subjetiva de Esforço (PSE) – a principal fonte energética são as gorduras. Deve ser de longa duração pois o tempo de exercícios é diretamente proporcional ao gasto calórico e a mobilização de gorduras.

O tecido adiposo é uma fonte de energia muito lenta, portanto, exercícios de alta intensidade, que precisam de energia rapidamente, metabolizam outros nutrientes em maior quantidade do que as gorduras. Além disso, não é possível manter exercícios de alta intensidade por muito tempo, e isto acaba prejudicando a queima de gorduras.fat-man-running

Ex: caminhadas, corridas lentas (trote), elíptico (transport) e bicicleta. Obs: dependendo da aptidão aeróbia, aulas de dança e step também se encontram nessa categoria.

 

ü      Exercícios aeróbicos (preferencialmente intervalados) de intensidade entre moderada e alta:

A teoria mais aceita para a perda de peso é a do balanço energético negativo, ou seja, o indivíduo precisa gastar mais calorias do que ele ingere para perder peso. Atualmente, o balanço energético é, cientificamente, o método mais aceito para propiciar a perda de peso.

Apesar da principal fonte energética neste caso NÃO ser os ácidos graxos (gordura), o exercício intervalado promove um gasto calórico maior, no mesmo período de tempo, se comparado ao contínuo de baixa intensidade. E a queima de tecido adiposo acontecerá por conta do balanço energético negativo.

Os estímulos podem variar a intensidade, duração e intervalo de recuperação.

Ex: Treinamentos intervalados na esteira, bicicleta, elíptico, aulas de ciclismo indoor, step, mini-trampolim (jump) e ginástica aeróbica.

 

ü      Exercícios resistidos (musculação):

A musculação é um exercício anaeróbio (não utiliza oxigênio para produzir energia), e as gorduras não são metabolizadas sem oxigênio. Porém, a importância da musculação na queima de gorduras se dá: a) nos momentos de recuperação (tanto entre as séries como entre as sessões de treinamento) e b) no ganho de massa muscular.

a) Durante a recuperação, o músculo fadigado necessita de nutrientes para se recompor, e é nesse momento que o ácido graxo é metabolizado.

b) Devemos ter em mente que 1 kg de massa muscular, para se manter, precisa de mais energia (gasta mais calorias) do que 1 kg de massa gorda. Portanto, um indivíduo com mais massa muscular (não necessariamente volume, mas sim, massa, que pode ser tonicidade, volume, densidade) gasta mais calorias por dia, para o seu corpo se manter.

Ex: Musculação e ginástica localizada.

 

Importantíssimo!! Não adianta fazer atividades físicas para queimar calorias e tentar diminuir o balanço energético se a dieta não estiver adequada.

“A gordura queima em uma chama de carboidratos”, ou seja, se a dieta conter pouco carboidrato, o ácido graxo NÃO será metabolizado adequadamente e, além disso, seu rendimento estará comprometido e sua saúde prejudicada

5 respostas para Como queimar gorduras?

  1. IONAN F. SANTOS disse:

    OI FABITO!!! BEM… ESTAMOS NO CAMINHO CERTO!!! EM BREVE, O MEU PESO ESTARÁ CORRETO!!! ACHO QUE ESTE ARTIGO DEIXA BEM EXPLÍCITO O QUE SIGNIFICA PERDER PESO, OU EMAGRECER, ATRAVÉS DE UMA EDUCAÇÃO ALIMENTAR ASSOCIADA À PRÁTICA DE EXERCÍCIOS FÍSICOS!!! EXCELENTE!!! ABRAÇÃO!!!! NANANZITO

  2. […] que ganhar ou perder peso não é o mesmo que engordar ou emagrecer (exemplos no post anterior “Como queimar gorduras?”). O peso perdido pode ser de gordura ou de massa magra (composta por músculos, ossos, órgãos […]

  3. […] Finalizando, acredito que realmente queima mais gordura durante o exercício e deixa os carboidratos livres para serem utilizados em outra atividade mais intensa. Assim, esta história de aeróbio em jejum até pode ser uma boa idéia para pessoas que querem emagrecer, mas não parece muito útil para quem quer perder peso sem alterar a dieta. (não sabe a diferença entre emagrecer e perder peso? Clique aqui) […]

  4. Fernando disse:

    [“A gordura queima em uma chama de carboidratos”, ou seja, se a dieta conter pouco carboidrato, o ácido graxo NÃO será metabolizado adequadamente e, além disso, seu rendimento estará comprometido e sua saúde prejudicada].

    Essa conclusão é um pouco polêmica. Há vertentes que alegam que carboidratos são totalmente dispensáveis na dieta. Muitas pessoas foram bem-sucedidas com a ingestão mínima de carboidratos e se mantiveram saudáveis. Além do que, ingestão de carboidratos invariavelmente aumenta o nível de insulina no sangue, sendo que ela impede o catabolismo de reservas energéticas. O seu artigo sobre aeróbico em jejum contradiz um pouco a conclusão deste. Abraços.

    • Fábio Karasiak disse:

      Olá Fernando.

      Obrigado pelo contato.
      Concordo com você. Certamente houveram pessoas que se mantiveram saudáveis após a perda de peso com uma dieta com mínima (ou até nenhuma) ingestão de carboidratos. Contudo, uma dieta deste tipo deve ser mantida por tempo finito, ou seja, em um momento deve-se voltar a consumir carboidratos. Para manutenção de saúde e de peso, uma dieta adequada deve contar, sim, com carboidratos.
      A queima de gordura em situações com pouco carboidrato pode ocorrer, pois a proteína é, também, metabolizada pelo corpo e transformada em energia (ATP), e em muitos casos, o próprio corpo pode produzir glicose a partir de não-açúcares (Ex: Gliconeogênese). Em uma dieta sem ingestão de carboidratos, a glicose proveniente da proteína seria utilizada no processo de queima de gordura.

      Espero ter ajudado e sanado a dúvida. Um abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: