Rio 2016, vale a pena?

rioGrande notícia da semana e provavelmente do mês (ou do ano) inteiro: O Rio de Janeiro será a sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

Em poucos dias, já ouvi diversas opiniões e frases: “Ótima oportunidade do país crescer”, ou “do esporte nacional crescer”, “O país não tem condições de sediar uma Olimpíada, e menos condições ainda de sediar ela dois anos após sediar uma Copa do Mundo de futebol”, “Vai ser uma excelente oportunidade dos políticos lavarem mais dinheiro”, etc, etc, etc.

Pois bem, do meu humilde ponto de vista, acredito que os membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) têm mais informações e dados que eu para saber se o Rio de Janeiro tem mesmo condições de ser uma boa sede.

Particularmente, acho que o país tem, sim, condições para sediar os XXXI Jogos Olímpicos daqui a 7 anos. Deixando de lado as análises do maior órgão esportivo mundial, vejo muitas coisas boas e ruins disso tudo.

Devemos lembrar que o Brasil foi um dos últimos países a entrar na crise econômica que atingiu o mundo, e um dos primeiros a sair, e que a Petrobras anunciou a descoberta do Pré-sal recentemente (uma das maiores reservas de petróleo do planeta). Com isso, os olhos do mundo se voltaram para o nosso país. Agora, com a Olimpíada sediada em 2016, é mais uma razão para investidores internacionais colocarem dinheiro aqui. Ou seja, se não tivermos outra crise econômica até 2016, e se o Governo Nacional continuar cuidando bem da nossa economia interna, o dólar vai cair, ou melhor, vai despencar. Podem apostar que o Brasil será uma das grandes potências econômicas mundiais em pouco tempo.

“Ótima oportunidade do país crescer” – OK!

Deixando a economia de lado e partindo pros esportes. Historicamente, o país-sede sempre apresenta uma melhora significativa no quadro de medalhas geral. Isso se deve ao fato do esporte ter mais incentivo do Governo (que quer “mostrar serviço”) e de empresas privadas (que procuram uma chance de aparecer e que se empolgam e “entram no clima” da Olimpíada).

“do esporte nacional crescer” – OK!

Saindo da página de esportes e entrando na página policial. Admito que a cidade do Rio de Janeiro é violenta. Mas, novamente, o COI analisou estes dados. Particularmente não acho que o Rio seja muito pior que Chicago ou Tóquio. Pesquisando as cidades mais perigosas do mundo, encontrei o Rio, mas também encontrei Londres, cidade-sede dos jogos de 2012. E também cidades americanas e sulafricanas (Johannesburg e Cape Town). Inclusive, nestas últimas acontecerão jogos da Copa do Mundo do ano que vem.

Analisando o desempenho do Rio nos Jogos Panamericanos, em 2007, muitos dizem que foi desorganizado, feito às pressas, etc., mas foi o Pan que abriu as portas para os Jogos Olímpicos! Ou vocês acham que o COI não viu essas coisas? Só vocês? Por estarmos próximos da cidade vemos todas estas coisas ruins, mas quem me garante que os Jogos Olímpicos de Pequim não foram cheios de mudanças de planejamento e de obras atrasadas? Não vimos, pois não acompanhamos a imprensa de lá.

“O país não tem condições de sediar uma Olimpíada, e menos condições ainda de sediar ela dois anos após sediar uma Copa do Mundo de futebol” – discordo.

Partindo, finalmente, para a parte mais polêmica de sediar uma Olimpíada no Brasil: a política.

Neste aspecto sou pessimista. Já posso até ver a “CPI dos Jogos Olímpicos” sendo formada para investigar casos diversos de corrupção dos envolvidos com os Jogos. Nosso país está cada vez mais dentro de um poço de desonestidade e corrupção onde os políticos filhos da p**a continuam jogando merda no povo desviando verbas e se dando bem em cima do povo. É triste e não tem previsão para acabar, pois muitos do que estão lá continuarão até 2016, roubando e explorando os cidadãos.

Mas, otimista como sou, acredito que com os olhos do mundo voltados para nós, assim como o COI, as investigações serão mais minuciosas e existe a (remota) possibilidade da corrupção não ser tão grandes nos assuntos referentes aos Jogos. Na verdade, nem sei se eu mesmo acredito nisso que acabei de escrever, mas a possibilidade existe.

“Vai ser uma excelente oportunidade dos políticos lavarem mais dinheiro” – triste verdade.

Mais uma vez, acho que o País tem, sim, condições de sediar os Jogos Olímpicos de 2016. E digo mais: vai ser uma competição fantástica (como todos os Jogos Olímpicos) que fará o esporte e a economia do país crescer MUITO! Está na hora de pararmos de reclamar de tudo e acreditar.

 Rio 2016, vale a pena!

 Obs: Este é um post de opinião pessoal, não necessariamente significa que todos os leitores devam concordar, nem que esta é a opinião do WordPress.com.

300px-Cristo_Redentor_-_Rio

2 respostas para Rio 2016, vale a pena?

  1. Paradoxo disse:

    Faltou aquele comentário que diz que o Brasil vai investir verba nas olimpíadas que deveria ser repassada para outras coisas mais importantes (como em infra-estrutura, educação, etc..).
    Que, se não me engano, foi a opinião dos japoneses em relação a ter as olimpíadas como sede lá…
    Talvez isso tenha pesado na decisão do COI.

  2. faock disse:

    Tem razão Paradoxo.
    Realmente o Brasil deveria ter outras prioridades, como as que você citou (educação, saúde, etc). Mas acredito que este capital vai ser um investimento, e não um gasto. Ou seja, eles devem esperar reaver esta verba (ou até mais) com o dinheiro adquirido pelo turismo, comércio e outras coisas que um evento deste porte movimenta.
    Provavelmente isso pesou na decisão do COI.
    Obrigado pelo comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: