Musculação para crianças e adolescentes

Este é, sem dúvida, um assunto muito polêmico. Mas vou procurar acabar com alguns mitos e passar instruções para que esta atividade possa ser praticada também por crianças, sem risco.

A musculação é uma forma de treinamento de força em que o indivíduo realiza uma movimento com o objetivo de vencer uma resistência, que é fixa. Ou seja, não é uma atividade muito lúdica e pode se tornar um pouco chata para crianças. Todavia, este é o único real motivo para ser contraindicada. Pois a musculação – realizada de maneira controlada e individualizada – não traz nenhum risco a saúde da criança e do adolescente.

Em crianças e adolescentes, é perceptível o ganho de força com o passar do tempo, mesmo sem nenhum treinamento. Aparentemente, a força aumenta linearmente dos 5-7 anos até os 13-15 anos. Após isso ele aumenta mais rapidamente em homens, enquanto entre as mulheres a taxa de ganho de força se mantém linear.

Reforçando a ideia de que hiperplasia¹ não acontece em células musculares em seres humanos, o número de fibras musculares de um indivíduo é semelhante desde os 5 até os 40 anos de idade.

Assim como para adultos, o treinamento de força (TF) serve como um fator de proteção contra a osteoporose, pois aumenta a densidade óssea. Cá entre nós, parece cedo pensar em osteoporose para crianças, não é mesmo? Mas com o aumento da densidade óssea desde criança, as chances de fraturas diminuem e, na fase adulta – quando começamos a perder massa óssea -, o indivíduo que realizou TF quando criança vai ter uma reserva maior para perder, antes de chegar a uma osteoporose.

Zoe Smith, 17 anos, levantadora de pesos inglesa

Comumente escuto pessoas dizendo que a musculação prejudica o crescimento (acho que esta é a maior preocupação), mas isso não é verdade! A possível razão deste acontecimento seria por causa da lesão nas epífises². Todavia, estudos que analisaram o TF em crianças observaram esta lesão das epífises apenas em crianças que realizavam treino semelhante ao de LEVANTADORES OLÍMPICOS (olha o absurdo!). Portanto, esta lesão das epífises esta relacionada com a má execução, com a falta de supervisão e com a incoerência na interrelação volume x intensidade (com o exagero, em outras palavras). Além do mais, quando bem supervisionada e treinada (com progressão gradual, boa execução e acompanhamento) a musculação tem basicamente o mesmo (baixo) risco que as demais atividades (ex: futebol, judô). Bem orientado, até o levantamento de pesos olímpico não irá trazer malefícios (veja figura).

Apesar de trazer benefícios, a musculação é uma atividade simples, fácil, sem grandes desafios para a coordenação motora. E é exatamente aqui que eu exponho minha opinião: A de que esportes e outros exercícios físicos, como dança, devem ser escolhidos por crianças e adolescentes ao invés da musculação. A musculação promove ganhos muito pequenos na coordenação motora e na consciência corporal do seu praticante. Se o objetivo é estético, que pratique natação, ginástica olímpica, rugby, futebol americano, lutas, ou outro esporte que necessite de força e de massa muscular.

Sendo assim, a musculação não deve ser uma atividade contraindicada pra crianças. Porém, deixo aqui um questionamento, para que reflitam sobre a utilização da musculação como forma de treinamento de força para crianças e adolescentes:

Traz benefícios, mas é isso (fazer musculação) que a criança/adolescente quer? ou quer imitar os pais? ou quer fazer pois está na moda? Pense no desenvolvimento motor do seu(sua) filho(a) e não apenas no desenvolvimento muscular.

E lembre-se: procure a orientação de um profissional de Educação Física antes de praticar (ou de colocar seu filho para praticar) uma atividade física.

————

¹ Hiperplasia: Quando ocorre aumento na quantidade de células (Wikipedia).

² Epífise: Parte do osso que, durante a infância e a adolescência, promove o crescimento do osso (Wikipedia).

Fontes:

Franchini E. Musculação e Saúde. Mini-curso do VIII Congresso Brasileiro de Atividade Física e Saúde. Gramado – RS, 2011.

Uma resposta para Musculação para crianças e adolescentes

  1. Show de bola o texto Fábio! Pena que ainda é muito comum o pensamento, inclusive entre profissionais da área, de que a musculação é prejudicial para crianças e adolescentes. O público em geral a gente perdoa, mas os profissionais.. pura falta de atualização! Já escrevi sobre esse tema uma vez: http://www.edupersonal.com/2011/05/musculacao-para-todas-as-idades.html

    Parabéns pelo blog. Sempre passo por aqui para dar uma olhada nos teus textos, sempre bons. A propósito, coloquei ele lá entre os meus “Links Recomendados”🙂

    Abração cara!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: